Domingo, 20 de Julho de 2008

Hasta la vista segunda temporada …

Exterminador implacável, bom filme mas falta qualquer coisa …. Ah já sei uma cyborg bastante sensual. Schwarzenegger tem grandes músculos mas não tem nada de sensual (ok, um momento demasiado gay). Dado a falta de esse factor os criadores de Exterminador Implacável criaram a série Exterminador Implacável: Crónicas de Sarah Connor, a história passa depois do segundo filme, depois de dar cabo do canastro ao gajo que parecia um termómetro (o seu corpo parecia ser feito de mercúrio, mas na verdade era feito de uma liga de metal liquido) eles vão andando de cidade em cidade até que John (Thomas Deker) conhece uma rapariga Cameron (Summer Glau) que ao que parece ela está interessada em John e ele todo contente (pudera, até um adepto do Benfica que acabou de perder o campeonato ficava contente se Summer Glau falasse com ele) mas ao que parece esta menina bonita não passa dum cyborg do futuro enviado para proteger John de uma morte certa e salvar toda a humanidade. Ao isto foi resumido, bem também não há muito para contar já que a série e bastante curta (9 episódios). A série é bastante interessante pois à uma espécie de evolução da Cameron pois parece que cada vez mais ela tenta ser humana o que desenvolve uma relação especial com John. O aspecto psicológico da série e impressionante, mas o aspecto físico não fica atrás, acção, porrada (ver a Summer a dar cabo dos cabeça de metal) e outra vez volto a salientar a beleza da Summer, não me importava de andar a porrada com umas cabeças de metal só para ter ela a proteger-me.  

 

Vai um jogo tetris, para eliminar o stress de salvar o mundo!!!

 

Extreminadora de coraçõrs (lá estou eu a armar me em gay, isto tem que parar).

 

tags:

publicado por cinemamaster às 16:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

E se o 007 fosse um cromo …

 

Já vos aconteceu ler um mail e esse mesmo mail ter um vírus e dar cabo do vosso super mega hiper computador, novinho, com um valor estimado em 3000 €. Pois bem animem-se, podia ter sido pior, vejam o que aconteceu ao Chuck (Zachary Levi), abriu um mail de um amigo dele da faculdade e viu uma data de imagens ao mesmo tempo, tipo Chiquititas em hora de ponta (?). Acorda de manhã com uma dor de cabeça com se tivesse bebido meia cerveja sema álcool (é impressão minha ou o cromo não sai muito, também não posso falar muito, ir à cozinha é quase com ir a uma discoteca no Porto, principalmente quando é o meu irmão a cozinhar). Bem lá se recompõe e vai trabalhar para uma loja de electrodomésticos onde o seu melhor amigo Morgan (Joshua Gomez) lhe diz que tem uma rapariga a chamar por ele na recepção. Chuck dirige-se à recepção e encontra uma menina muito boazona chamada Sarah (Yvonne Strahovski) a qual convida para jantar e quando eles vão jantar ele simplesmente que ele tem o computador Intersect na tola onde estão armazenados todos os segredos dos Estados Unidos agora cabe ao Chuck usar os seus flash de imagens que ele tem na tola para poder salvar o mundo (hummm, isto não vai correr bem) com a ajuda de Sarah e da CIA e de Cassey (Adam Baldwin) da NSA.
 
 
 
 
- Então Chuck estás pronto para parar uma bomba termonuclear e salvar o mundo? - Desculpa ?!?!?  
 
 
 
 
Ok está decidido vou me candidatar ao SIS.        
 
 
 
 
    
tags:

publicado por cinemamaster às 00:23
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Como comunicar com mulheres para totós!!!

Os Friends acabaram e agora a RTP 2 substituiu pela recente série “A teoria do Big Bang”. Conta a história de dois físicos, Leonard Hosfstadter (Jonhnny Galecki) e Sheldon Cooper (Jim Parsons), que conhecem a atraente Penny (Kaley Cuoco) a qual se mudou para o prédio deles. Leonard fica logo apanhado por ela (quem não ficava) e ela simpatiza com eles (sãos uns nerds queridos dela… ok quero ser nerd!!!). Mais tarde Penny conhece também os cientistas, Howard Wolowitz (Simon Helberg, um gajo que se arma em Dan Juan elogiando a Penny em várias línguas) e Rajnesh Koothrappali (Kunal Nayyar, um tipo que não consegue falar com raparigas bonitas). Ao que parece a série é bastante engraçada, tem a volta de 18 episódios, tenho a certeza que vamos dar umas boas gargalhadas a custa deste grupo de ratos de laboratório e desta sereia do mar.

 

Aulas para totós - primeira lição escolher um jantar mais romantico !!!

 

Parece que a força da gravidade puxou as nossas calças para baixo...

 

tags:

publicado por cinemamaster às 14:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 6 de Julho de 2008

Jack, o Estripador de férias em Miami…

 

Dexter Morgan (Michael C. Hall), de dia ele é um respeitável criminologista especializado em padrões de sangue da polícia metropolitana da cidade de Miami, à noite ele é um assassino que persegue aqueles que escaparam à justiça. Em pequeno Dexter assistiu ao assassinato da sua mãe, um polícia chamado Harry (James Remar) resolveu adopta-lo e verificou que Dexter tinha um desejo de matar, de modo a protege-lo ele treina o Dexter para se tornar num assassino perfeito, ensina-o a não deixar pistas para que Dexter não vá parar há cadeira eléctrica. Dexter cresce e começa a matar mas segue sempre as indicações deixadas pelo pai, “ O Código de Harry”, ou seja matar aqueles que merecem morrer, aqueles que a justiça não consegue apanhar. Não tendo qual quer emoção ou afecto pelos os outros, ele finge os sentimentos, escondendo assim de todos a sua verdadeira natureza, mesmo da própria irmã, Debra (Jennifer Carpenter), e da sua namorada, Rita Bennett (Julie Benz). Ele descobre que existe um serial killer quase tão bom como ele, e que este sabe a verdade sobre o Dexter, dá-se assim a um concurso de quem mata melhor. Esta série é muito aclamada nos Estados Unidos, sendo já dito que Dexter é o assassino preferido dos norte-americanos.
 
 
 
Vocês não viaram nada, OK !!!!!!!!
 
 
 
Hoje o jantar é, bifes de assassino à lá Dexter !!!!!!!!
 
tags:

publicado por cinemamaster às 19:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Perdidos e Perdidos e Perdidos e Perdidos .........

 

 

Vamos lá ver, quem é que acha que o Lost tem algum sentido, alguém, não, pois não, bem me parecia. Para quem não sabe os Lost conta a história de um grupo de sobreviventes de uma queda de avião, o qual caiu numa ilha misteriosa. Muitos podem achar o contrário mas na minha opinião o Lost não tem qualquer sentido. O que me enerva é o mistério que eles fazem, porra, são os saltos no tempo, são as criaturas, são os fantasmas, é a teoria de eles estarem numa espécie de purgatório, é o fumo negro, chiça, afinal o que é nos sabemos da ilha. Eu até gostei da primeira série onde tinha aquele mistério, dos lapsos onde ficávamos a conhecer as personagens, do mistério todo que Locke transmitia mas porra aquilo nunca mais desenvolve (parece a justiça portuguesa). E por vezes as viagens no tempo às vidas das personagens são um pouco confusas e o que é que aconteceu ao miúdo que “alegadamente” tinha poderes? Para mim, parece que agarraram na história toda cortaram em bocados e depois coloram-na sem nenhuma ordem. E vamos lá ver como é que alguém sobrevive a uma queda de avião daquela magnitude (o avião foi cortado em três bocados)? A série é parece é uma confusão. 
 
   

 

he he he he !!!!

 

Para quê essas caras de mau !!! Animem-se estão presos numa ilha de doidos !!!!!!!

 

 

sinto-me: Confuso
tags:

publicado por cinemamaster às 14:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 7 seguidores

pesquisar

 

Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Melhores que os ladrões p...

O assassino favorito da A...

Freud descobre quem é o p...

Tirar o esqueleto do armá...

Ceifador que adora tartes...

Hasta la vista segunda te...

E se o 007 fosse um cromo...

Como comunicar com mulher...

Jack, o Estripador de fér...

Perdidos e Perdidos e Per...

arquivos

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

acção

actores

adapatção

animação

comédia

comedia romantica

drama

está para vir...

estupidez

fantasia

séries

terror

terror psicológico

todas as tags

SAPO Blogs

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub